Ponte Alta...nossa terra... nossa gente...nossos valores.

Ponte Alta Querida

Ponte Alta Querida

Minha linda terra e berço
Cidade aonde nasci
Aonde vivi minha infância
Tão feliz...
Voltei para matar saudade
Que há muitos anos senti
Passear sobre os seus montes
Tomar água em suas fontes
Aonde bebi o bem-te-vi
Ponte Alta altaneira
Mulher bonita e faceira também deixei aqui
A familia Silveira, os três irmãos
Silveira e Silveirinha
E também o Nicanor
A casinha que nasci
Não existe mais
Somente a lembrança
Não volta mais...
Pedirei para o meu santo
Me cobrir com o seu manto
Daqui jamais partirei
Porque não resistirei
De novo a mesma saudade...

Jô e seu violão