Ponte Alta...nossa terra... nossa gente...nossos valores.

Ponte Alta... mais um pouco da nossa história.

Ponte Alta... mais um pouco da nossa história.

 

Para que os moradores de Ponte Alta não necessitassem procurar lazer em outras localidades, os membros do local resolveram concluir as obras já iniciadas há algum tempo, concluíram em 1967 a sede do Clube Social local.

Este fato foi comemorado por todos os moradores locais, atraindo moradores vizinhos para prestigiarem as festividades.
As festas do clube trouxeram artistas famosos, como Celly Campello, Três do Rio, Orquestra Cassino de Sevilla, Carmem Silva, Silveira e Silveirinha... A músicas mais freqüentes eram: sambas, MPB e rock.
Uma das grandes atrações que chamava a atenção de várias pessoas era o “cinema”,no qual traziam telões de Uberaba,o primeiro era na Escola Walter Prado Dantas, logo em seguida foi transferido para o Clube Social de Ponte Alta.
As festas da Igreja eram animadas, havia gincanas muito acirradas. As festas eram no pátio da igreja com barracas cobertas de folhas de babaçu e indaiá.O salão da igreja começou a ser erguido por volta de 1965, com a ajuda do povo e pela Cia. de Cimento. Parte da verba para sua construção veio da Alemanha, pois as instituições religiosas de lá ajudavam cidades com menos recursos.
Quando não havia festas, as pessoas improvisavam o que chamavam de “brincadeira dançante”, que eram bailes feitos nas garagens ou varandas, iniciavam por volta das 20:00 horas e encerravam à meia-noite. As brincadeiras dançantes também eram realizadas na escola, na qual os próprios alunos organizavam. As salas eram separadas para o gosto de cada um: músicas românticas e balanço.
Folclore e festividades existentes na época: Mutirão, Carnaval (uma das festas mais atrativas), Festa Junina, Desfile Mini-Miss (década de 60), Semana Santa (Via Sacra), Mini Olimpíada da Escola Gastão Mesquita Filho, SIPAT (Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho), Festa do Padroeiro São José Operário, Festa da Conferência Vicentina, Rodeio de Peão, Festa Natalina, Dia da Criança, Feira Comunitária e Festa de Reis.

Fonte: Otavio Ribeiro