Ponte Alta...nossa terra... nossa gente...nossos valores.

Joaquim Pedro da Silveira e o começo de Ponte Alta

Joaquim Pedro da Silveira e o começo de Ponte Alta

Tudo começou no ano de 1879, quando o senhor Barão de Ponte Alta recebeu o título de “O homem mais rico do Triângulo Mineiro”. Passaram-se 15 anos e sua fazenda São José foi crescendo no cultivo de milho e então resolveu mudar o nome de sua fazenda, que passou a se chamar Fazenda Ponte Alta.

Em 1899, chegou a Ponte Alta o senhor Joaquim Pedro da Silveira, vindo de Dores de Santa Juliana que se instalou no grande sertão às margens do ribeirão de Ponte Alta. Ali ele tentou formar uma fazenda, mas logo veio a falecer e ficaram seus filhos: Pedro Joaquim da Silveira, Francisco Pedro da Silveira e José Pedro da Silveira, que formaram grandes fazendas.
Nos próximos anos chegaram à Ponte Alta os senhores Flamínio Fantini e Serafine Suriane que também formaram fazendas.

E começa  a partir dai o que seria mais futuramente o vilarejo Ponte Alta.

* Otavio Ribeiro*