Ponte Alta...nossa terra... nossa gente...nossos valores.

Irmãos Silveira- "As vozes da nossa terra"

Irmãos Silveira- "As vozes da nossa terra"

Silveira começou sua carreira na década de 50, em bem-sucedida dupla com Barrinha. Separaram-se em 64, e o mineiro Nivaldo convidou então seu irmão Agenor para formarem a dupla Silveira e Silveirinha.

Gravaram seus primeiros compactos em 66 e, ao longo da carreira, foram mais de 50 álbuns e diversos sucessos lançados. A dupla acabou em 93, com a morte de Silveirinha, mas Nivaldo seguiu carreira com outro irmão, Nicanor, e em 97 gravaram o disco “Os Irmãos Silveira”.

Nivaldo Pedro da Silveira, o Silveira - Uberaba, MG-1934

Agenor Pedro da Silveira, o Silveirinha - Uberaba, MG-1929 - São Paulo, SP-1993.

Silveira iniciou sua carreira artística no início dos anos 1950, quando formou dupla com Abílio Barra, o Barrinha. Gravaram o primeiro disco em março de1955 pela Continental.

A dupla trabalhou na Rádio Nacional de São Paulo, apresentados pelos compositores Arlindo Pinto e Anacleto Rosas Jr., no programa de Nhô Zé. A dupla separou-se em 1964, depois de mais de 10 anos de sucessos, deixando gravados cerca de 39 discos 78 rpm, 10 LPs e sete compactos.

Nivaldo Pedro da Silveira convidou então seu irmão Agenor para formarem a dupla Silveira e Silveirinha. Em 1966, Silveira e Silveirinha gravaram "Alma vazia", de Nicanor Silveira e Silveirinha,"Ciganinha",

de Silveira e Osvaldo Ramos, e "Duas almas", de Silveira, Silveirinha e Osmar Rézio.

Nos anos 1960 a dupla se apresentou na festa da Trindade em Goiás, cantando para quase 150 mil pessoas. A música "Berrante da Madalena", do radialista Faísca, teve grande repercussão junto ao público.

Outras músicas de destaque foram "Beija-flor das penas verdes", de Brejão, "Berrante da meia-noite", de Seresteiro e Claudino Vieira, e "Beira da praia", de Nicanor Silveira e Silveirinha.

A dupla Silveira e Silveirinha gravou aproximadamente 45 LPs e nove compactos em 30 anos de carreira.

Com a morte de Silveirinha, Silveira segue a carreira,

formando nova dupla com o irmão Nicanor.

Em 1997, a dupla gravou o CD "Os irmãos Silveira". Neste LP destacam-se "Esquecer nunca mais", de Paraíso, e "Gaivota mensageira", de Silveira e Joel Garcia.

Entre seus LPs estão "Hoje está fazendo um ano" e "Na beira da praia" lançados pela Continental.

Discografia:

Berrante de Ouro Fino

Berrante misterioso

Campeões do berrante

Hoje está fazendo um ano

Linda cigana

Morena de Goiás

Na beira da praia

Reis do berrante

Silveira & Silveirinha

Silveira & Silveirinha (1972)

Silveira & Silveirinha (1994)

Os irmãos Silveira (1997)

Nicanor Pedro da Silveira, irmão caçula dos “Silveiras”, também se destacou no universo da musica sertaneja. Ele formava com Palmeri, a dupla: Nicanor e Palmeri que se consagrou com o grande sucesso nacional “ Amor em segredo”.

“Silveira, Silveirinha  e Nicanor as vozes da nossa terra, filho da nossa querida Ponte Alta